Atividades Complementares

Segundo o Projeto Pedagógico do Curso de Medicina, aprovado em 2015, as atividades complementares são componentes curriculares do curso de graduação em Medicina da FM/UnB e integram o processo de formação do estudante de Medicina e possibilita a integralização de carga horária e créditos na matriz curricular do curso de graduação em Medicina, em conformidade com a Resolução nº 3, de 20 de junho de 2014,que instituiu as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Medicina.

 

As atividades complementares estão regulamentadas na Resolução 03/2015 do Conselho Pleno da Faculdade de Medicina da UnBaprovadas na 1ª Reunião Ordinária do Conselho Pleno da Faculdade de Medicina, ocorrida nos dias 11, 12 e 27 de fevereiro de 2015, versão final encaminhada ao CEPE via DEG em 2015, conforme solicitação contida no Processo UnB/Doc. 22466/2015. Versão aprovada na 1307º reunião da Câmara de Ensino de Graduação (CEG) ocorrida em 10 de março de 2015, com alterações sugeridas pelos membros da CEG e aprovadas na 2ª reunião ordinária da Câmara de Representantes da Faculdade de Medicina, ocorrida em 11 de março de 2015.

 

A Faculdade de Medicina (FM) oferece várias possibilidades de atividades complementares com vistas a enriquecer o processo de ensino-aprendizagem, privilegiando a complementação da formação social e profissional. A ampla gama de atividades complementares propicia grande diversidade de experiências, não apenas do ponto de vista temático e metodológico, mas também do ponto de vista humano, científico e profissional. Essas atividades integram o conjunto de atividades desenvolvidas por cada aluno e são consideradas na escolha do Prêmio Aluno Destaque, que é concedido ao melhor aluno do curso médico em cada turma, no momento da colação de grau. A Faculdade de Medicina encoraja fortemente seus alunos a tomarem parte nessas atividades complementares por entender sua importância na formação de uma visão médica mais completa e abrangente. A carga horária dedicada à cada atividade varia amplamente segundo a natureza de cada programa proposto.

 

São potenciais atividades complementares disponíveis (nem todas são geradoras de créditos acadêmicos):

 

1) Programas de Iniciação Científica (ProIC) - fomentados pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq);

 

2) Programa Ciências Sem Fronteiras - promovido pelos Ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e Ministério da Educação, por meio de suas respectivas instituições de fomento (CNPq e CAPES), Secretarias de Ensino Superior e de Ensino Tecnológico do MEC;

 

3) Atividades de Monitoria para disciplinas (obrigatórias e optativas) da matriz curricular, com atividades remuneradas e voluntárias (não-remuneradas);

 

4) inserção em Projetos de Extensão vinculados ao Decanato de Extensão - Programa Institucional de Bolsas de Extensão (Pibex), que garante aos alunos, bolsas de extensão em projetos de ação contínua; com carga horária de 60 horas mensais;

 

5) Programa Nacional de Reorientação da Formação Profissional em Saúde - Pró-Saúde do MS/MEC;

 

6) Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde) promovido pelo Ministério da Saúde e Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde - Vigilância em Saúde (PET-Saúde/Vigilância em Saúde) igualmente promovido pelo Ministério da Saúde e desenvolvidos pela FM em parceria com Secretaria Estadual de Saúde do DF;

 

7) Programa de Educação Tutorial (PET) criado pelo Ministério da Educação (MEC) – que consiste de grupos de estudos orientados por um tutor, com o objetivo de desenvolver atividades acadêmicas que estimulem o crescimento e a aprendizagem dos alunos, além da melhoria do ensino superior;

 

8) Programa Bolsa Jovens Talentos para a Ciência (PJT‐IC) fomentado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPESem parceria com as instituições federais de ensino superior;

 

9) Ligas Acadêmicas criadas pelos próprios alunos, sob a coordenação de um docente da FM, existe regulamentação interna na FM para criação e manutenção das atividades da Ligas Acadêmicas;

 

10) Participação em todos os colegiados da FM (colegiado de graduação, câmara de representantes, conselho pleno e cada uma das 7 Áreas da FM). 

.... Unidades Parceiras ....

.. Projetos  Estruturantes ..

 

....... Bases de Dados .......

 

............. Outros ...............

 

Faculdade de Medicina - Universidade de Brasília-UnB - Campus Universitário Darcy Ribeiro -  Asa Norte-Brasília-DF  Brasil - CEP: 70.910-900