TESTE DE PROGRESSO 2017 - CONSÓRCIO DE ESCOLAS DE MEDICINA - REGIÃO CENTRO-OESTE

Dia 20/09/2016 - 14 às 18h.

 

O estudante deverá chegar ao local de prova com, no mínimo, 1 (uma) hora de antecedência, munido do seu documento de identificação oficial, com foto (RG, CNH, CTPS, Passaporte, etc), e caneta esferográfica de tinta azul ou preta.

 

INFORMAÇÕES
Lista de candidatos do Teste de Progresso 2017.
Locais de realização do Teste de Progresso 2017.

 

  

ATENÇÃO: MUDANÇA DO LOCAL DE PROVAS DA SALA 6004.

 

NOVO LOCAL: AUDITÓRIO 2 DA FACULDADE DE MEDICINA/FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE

 

Direção - Faculdade de Medicina/UnB

 

------------------------------------------------------------------------------------------------

 

HUB abre Jornadas Científica e de Saúde

Cerimônia

Solenidade destacou importância da divulgação das pesquisas realizadas no hospital e na universidade HUB abre Jornadas Científica e de Saúde

A cerimônia de abertura da XVI Jornada Científica e da I Jornada Interdisciplinar em Saúde do Hospital Universitários de Brasília (HUB-UnB) reuniu, na última quarta-feira (16), 50 pessoas, entre funcionários, estudantes, residentes e representantes da Universidade de Brasília (UnB). A solenidade abriu oficialmente as atividades do evento, que ocorrem nos dias 17 e 18 de novembro e contam com apresentações de 72 trabalhos e debates sobre linhas de cuidado.

O superintendente do HUB, Hervaldo Sampaio Carvalho, falou sobre a importância das duas jornadas para o hospital. “É um grande momento para a discussão técnico-científica mais aprofundada sobre as pesquisas do HUB e um incentivo à interdisciplinaridade, ponto crítico para o atendimento centrado no paciente e a formação dos estudantes”, afirma.

Para a vice-reitora da UNB, Sônia Báo, o evento representa um resgate da missão do HUB. “A jornada traz à tona a memória da instituição, de ser um hospital escola e formar novos profissionais médicos e da área da saúde. O compartilhamento desse conhecimento com toda a comunidade, com destaque para a interdisciplinaridade, é extremamente importante”, declara.

O diretor da Faculdade de Ceilândia, Araken Werneck Rodrigues, parabenizou a Gerência de Ensino e Pesquisa do hospital pela organização da atividade. “Este evento traz a divulgação do que é produzido cientificamente dentro do HUB e da universidade, com troca de experiências e novas ideias”, relata ele. 

“É com satisfação que estamos presentes nesse contexto de divulgação científica para os estudantes, professores e colaboradores”, diz o diretor da Faculdade de Medicina da UnB, Paulo César de Jesus. Na ocasião, ele relembrou a história da FM/UnB, que completou 50 anos em 2016, citando a relevância do trabalho realizado pelo Laboratório de Anatomia da universidade.

Laboratório de Anatomia da UnB
A professora Jussara Rocha Ferreira contou a história do laboratório, que hoje funciona como um museu aberto à visitação, credenciado pelo Governo do Distrito Federal como um dos poucos da cidade a receber turistas. O arquivo de anatomia da UnB iniciou em 1971, com o primeiro registro de cadáver, um ano antes da regulamentação oficial da universidade. Atualmente, conta com 4.420 ossos, 1.035 objetos iconográficos, 184 cadáveres e documentos físicos. Todos os anos, 100 mil crianças dos ensinos fundamental e médio passam pelo local. “É nossa obrigação produzir e reproduzir conhecimento, formar as pessoas e levar a anatomia científica para a rua. Mostrar ao cidadão o valor que o corpo tem depende do nosso grau de maturidade e evolução espiritual”, reflete Jussara.

De acordo com ela, o trabalho de gerenciamento dos arquivos realizado desde o início é destaque entre as universidades do país. “A UnB é a única faculdade da América Latina a ter um acervo todo descrito e arquivado corretamente. O poder público nos dá a condição, ao proteger essa massa documental, de contribuir com o desenvolvimento cultural e científico e ter provas de informação”, ressalta a professora.

Avanços e transformações
Durante a cerimônia, os gestores do HUB e representantes da UnB aproveitaram para destacar os avanços vivenciados pelo hospital nos últimos quatro anos. A Equipe de Governança do hospital, formada pelo gerente Administrativo Paulo Mendes e pelas gerentes de Atenção à Saúde, Elizabeth Queiroz, e de Ensino e Pesquisa, Tânia Torres Rosa, pontuaram as principais realizações do período. 

A palavra de agradecimento às equipes e à UnB pelas conquistas foi o ponto comum dos discursos. “O HUB progrediu muito em diversas áreas, devido às parcerias internas, com os funcionários, voluntários, ex-diretores, reitoria, faculdades e Ebserh. Todos somos privilegiados em participar desse processo de transformação do hospital”, finaliza Hervaldo.

Assessoria de Comunicação do HUB

HUB realiza treinamento em primeiros socorros

Simulação realística 

Capacitação em ressuscitação cardiopulmonar abrangeu 16 profissionais do HUB, UnB e SES-DF HUB realiza treinamento em primeiros socorros

HUB realiza treinamento em primeiros socorros
 
Representar situações reais de parada cardiorrespiratória por meio de manequins que simulam o corpo humano. Com essa estratégia, o Hospital Universitário de Brasília (HUB-UnB) capacitou, na última quarta-feira (9), 16 médicos, entre residentes em clínica médica, professores da Universidade de Brasília (UnB) e preceptores que atuam na Região Leste da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) na área de medicina de família e comunidade.

Com carga horária de 8h, o curso Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP) abordou questões teóricas e práticas e foi realizado em dois laboratórios de simulação, um do HUB e outro da Faculdade de Medicina da UnB. Os profissionais puderam aprender por meio da representação real de situações clínicas.

“O treinamento possibilitou reforçar várias habilidades, como uso correto dos dispositivos de via respiratória, manobras de ressuscitação, medicamentos utilizados, trabalho em equipe e tomada de decisão”, explica um dos instrutores do curso, o enfermeiro especialista em cardiologia, Marcelo Nunes de Lima, chefe da Unidade de Telessaúde do HUB. 

A proposta do curso foi capacitar multiplicadores de conhecimento, que possam replicar o aprendizado com residentes e alunos de graduação de medicina que fazem estágio no HUB e na Região Leste. “A abordagem do conteúdo é diferenciada e se distingue da teoria, pois há a possibilidade de praticar, detectar limitações e aprimorá-las antes do atendimento real”, relata a chefe da Unidade de Pós-graduação do HUB, Juliana França da Mata, que também atuou como instrutor 

Assessoria de Comunicação do HUB

Nota de repúdio

 

Á PEC 241/55: “Os membros da Câmara de Representantes da Faculdade de Medicina manifestam seu repúdio à PEC 241/55 por seu conteúdo e forma, por considerarem que essa PEC representa um atropelo às necessidades de educação e saúde do país, podendo ter nefastos impactos principalmente nessas duas áreas, que podem levar a graves consequências e prejuízos para as futuras gerações de brasileiros. Reforçamos nossas posições de tolerância, paz, respeito e pelo diálogo constante.”

 

Câmara de Representantes da Faculdade de Medicina

.... Unidades Parceiras ....

.. Projetos  Estruturantes ..

 

....... Bases de Dados .......

 

............. Outros ...............

 

Faculdade de Medicina - Universidade de Brasília-UnB - Campus Universitário Darcy Ribeiro -  Asa Norte-Brasília-DF  Brasil - CEP: 70.910-900